Alguns de Nossos Serviços


Com o passar do tempo, o impacto, trepidação, compressão lateral ou desgaste dos componentes da suspensão causam alterações nas especificações do automóvel. E isso faz com que a barra de rolagem do veículo sofra danos que acarretam problemas em sua estrutura.
Para combater esses danos é fundamental fazer o alinhamento do veículo a cada 5 mil quilômetros rodados. Esse serviço contribui para o equilíbrio do veículo, garantindo segurança e conforto ao dirigir.
Por isso, sempre que perceber que seu veículo apresenta desgaste excessivo na área do ombro e da banda de rodagem dos pneus, trepidação das rodas dianteiras, volante duro ou direção tendendo para os lados, pode ser sinal de que ele está precisando ser alinhado.
Nessas horas, você pode contar com os serviços da EG Pneus, que tem os profissionais mais experientes e capacitados do mercado de Fortaleza.


O motorista deve balancear o seu veículo pelo menos a cada 10 mil quilômetros rodados para garantir a segurança e o bom funcionamento da máquina. O balanceamento equilibra pneus e rodas, para que haja a perfeita compensação no conjunto.
Para prevenir vibrações no volante, desconforto ao dirigir, perda de tração e estabilidade, dificuldade em manter o veículo na trajetória, desgaste prematuro dos rolamentos, amortecedores, terminais de direção e desgaste prematuro dos pneus, você pode contar com os serviços da EG Pneus.
Aqui estão os melhores e mais experientes profissionais da área, os mais capacitados de Fortaleza, que vão garantir a estabilidade e segurança de que seu automóvel precisa.


A cambagem é pouco conhecida pela maioria das pessoas.  Por isso, alguns mecânicos costumam acrescentá-la ao orçamento. Para saber se o veículo precisa ou não do serviço, deve-se ficar atento a alguns sintomas. No câmber positivo (quando as rodas estão inclinadas com a parte de baixo voltada para dentro), a direção fica muito leve, como se o carro estivesse dançando. Já no negativo (em que a parte de cima da roda fica inclinada para dentro do eixo), a direção fica muito pesada, pois as rodas abertas exigem um esforço maior. Para regular o câmber seguindo as especificações das montadoras é preciso utilizar um equipamento específico.
Para evitar danos aos pneus, a dica é a manutenção preventiva.  Faça sempre a checagem do câmber junto com o alinhamento, a cada 10 mil quilômetros.


A injeção eletrônica de combustível é o conjunto de componentes do veículo que controlam a quantidade de combustível para que o motor apresente o melhor desempenho, rendimento e baixos níveis de emissão de poluentes.
O sistema é uma central eletrônica composta por uma série de sensores que captam as informações mais importantes do motor: a posição dos pistões, a temperatura do ar e água, os comandos de aceleração, a quantidade de oxigênio no escapamento, a tensão na bateria. Processando todos os dados, determina a quantidade de ar e combustível que serão misturados para a queima que gera o início das funções do automóvel.
Quando o motor é lavado, as sensíveis e delicadas peças dos sensores podem sofrer choque térmico. O carro continua funcionando, mas as medidas enviadas à central passam a não ser exatas. Para que a água não cause nenhum dano ao sistema, é necessário que o veículo esteja parado há algumas horas e um profissional especializado conduza a limpeza.
O ideal é que o sistema de injeção seja revisado a cada 30 mil quilômetros rodados. Se esse é o caso do seu veículo, venha até a EG Pneus e conte com os melhores profissionais e equipamentos para cuidar do seu automóvel.


A suspensão garante a absorção dos choques e vibrações das rodas, proporcionando mais conforto aos ocupantes do veículo e garantindo o atrito das rodas com o solo.
Formada por uma série de componentes, tais como amortecedores, molas, bandejas, braços, pivôs, buchas, barra estabilizadora e bieletas, a suspensão sofre um desgaste natural com o uso, o que pode prejudicar o desempenho do veículo, que fica mais vulnerável ao fazer curvas, trafegar em solos irregulares ou em outras situações comuns em estradas e ruas do País.
Para garantir a sua segurança e a de sua família, visite a EG Pneus e conte com especialistas para evitar os seguintes problemas, causados pelo mau estado da suspensão:

  • Desalinhamento das rodas;
  • Barulho ao dirigir;
  • Perda de estabilidade;
  • Perda da segurança;
  • Diminui a vida útil dos pneus.


O óleo lubrificante tem a função básica de reduzir o atrito entre os componentes internos do motor, formando uma fina película que adere às superfícies das peças, reduzindo o desgaste. O filme lubrificante possui características detergentes e anti-espumantes que com o passar do tempo perdem seus efeitos exigindo a troca do óleo.
As montadoras estimam hoje um período de troca que varia entre 10.000 a 15.000 Km, em média. Mas recomendamos reduzir pela metade o período de troca do óleo do motor, substituindo sempre o filtro. Principalmente quem anda muito ndentro da Cidade. É que longos períodos em marcha lenta no trânsito urbano acelera a degradação o óleo, pois nessas condições o excesso de combustível injetado no motor se acumula no lubrificante. Somado a isso, está o aumento da temperatura provocado pela deficiência de ventilação.
É importante lembrar que a troca de óleo depende não apenas da condição de uso do veículo, mas também do tipo de motor.
Por tudo isso, se seu veículo está precisando de troca de óleo venha para a EG Pneus. Trocamos o óleo de seu carro bem rapidinho.


A direção hidráulica tornou-se um componente indispensável e atualmente, funciona através do fluído hidráulico pressurizado pela bomba hidráulica que “empurra” a cremalheira auxiliando o motorista no movimento do volante.
Requer pouca manutenção, é confiável, mas precisa do mínimo de atenção do seu mecânico.
Esse sistema é bem simples e não tem segredos, a atenção do motorista deve ser com o nível do fluído hidráulico que não deve baixar nunca, ou seja, se você verificar que o nível está diminuindo, é um vazamento e deve ser reparado. Geralmente os vazamentos são causados pelos componentes de vedação e conexão desgastados.
O fluído não possui prazo de troca, ele só deve ser substituído em caso de desmontagem do sistema.
A direção hidráulica é silenciosa, portanto qualquer ruído no seu funcionamento é uma irregularidade no sistema. Existem diferentes tipos de ruídos, os mais comuns são: Chiados agudos que são atribuídos às correias frouxas ou com a vida útil comprometida; existe também o ruído na bomba hidráulica, esse ruído é gerado pela presença de ar no sistema. Nesse caso o sistema deve ser sangrado e novamente completado o nível de fluído.
Quando a direção hidráulica deixa de funcionar o sistema de direção volta a ser “puramente” mecânico e o esforço para gira-la é maior, as causas mais comuns desse sintoma são atribuídas a pane total da bomba, e então o sistema hidráulico deixa de funcionar, a troca da bomba é a solução para o problema. Pneus com pressão muito abaixo do especificado também prejudicam o sistema, deixando a direção mais pesada e causando maior o esforço do sistema hidráulico.
Vazamentos no sistema também causam a falha total do sistema.
Com isso fique de olho, e nas revisões. Vá ate a EG Pneus e peça para verificar o sistema de direção hidráulica.


Para evitar que o ar condicionado do seu carro seja contaminado por micro-organismos, como fungos, bactérias e ácaros, é fundamental que seja feita uma correta e rigorosa manutenção preventiva no sistema.
A maior parte dos fabricantes de veículos e produtos recomendam que se execute o serviço de higienização e troca do filtro antipólen a cada 15 mil km rodados ou três vezes ao ano. Já para carros que não possuem filtros, o ideal é fazer a higienização quatro vezes ao ano.
Se esse é o caso do seu veículo, procure já a EG Pneus e solicite o serviço para um dos profissionais especializados da loja.